• Mestre Arq.Urb Augusto Fonseca

Arch Hoje: Arch Curiosidades- EPCOT Center


Fala Galera, tudo beleza????

Todo mundo já deve ter visto a famosa "bola" que fica no parque EPCOT da Disney, não é? Hoje vamos falar um pouco mais sobre esse parque e trazer várias curiosidades sobre a importância dele para o Estado da Flórida, viagem conosco nesse parque cheio de arquitetura, tecnologia e história.


Epcot é o segundo dos quatro parques temáticos construídos no Walt Disney World em Bay Lake, Flórida, próximo a Orlando, Flórida, Estados Unidos. Ele abriu como EPCOT Center em 1 de outubro de 1982 e cobre uma área de 300 acres, mais de duas vezes que o tamanho do parque Magic Kingdom. Ele é dedicado à celebração das conquistas humanas, principalmente a inovação tecnológica e a cultura internacional, sendo frequentemente chamado de "Permanent World's Fair." O parque é representando pela Spaceship Earth, uma esfera geodésica que também serve como uma atração. O nome do parque ficou sendo EPCOT Center até 1994, quando então foi renomeado para Epcot'94, depois Epcot'95 e no ano seguinte para simplesmente Epcot, como ficou até hoje. EPCOT é um acrônimo para Comunidade Protótipo Experimental do Amanhã; uma cidade utópica do futuro planejado por Walt Disney "O EPCOT mostrará as novas ideias e tecnologias que estão emergindo de centros criativos da indústria americana. Ele será uma comunidade do amanhã que nunca será concluída, mas sempre estará introduzindo, testando e demonstrando novos materiais e novos sistemas. E o EPCOT sempre será uma exibição do mundo da ingenuidade e da imaginação da livre iniciativa americana."


Sua visão original era de uma comunidade modelo que seria a casa de 12 mil residentes e um teste para uma cidade planejada. Ele seria construído em uma forma de círculo, com áreas empresariais e comerciais em seu centro com edifícios comunitários, escolas e complexos recreativos ao redor, enquanto os bairros residenciais ficariam no entorno. Este conceito de plano radial é fortemente influenciado pelo britânico Ebenezer Howard e seu Garden Cities of Tomorrow.

O transporte seria fornecido por monotrilhos e PeopleMovers (como os da Tomorrowland no Magic Kingdom). O tráfico automotivo seria subterrâneo, deixando os pedestres seguros acima do solo. O modelo original do EPCOT pode ainda ser visto pelos passageiros usando a atração Tomorrowland Transit Authority no parque Magic Kingdom; quando o PeopleMover entra no prédio do Stitch's Great Escape!, a porção restante do modelo é visível à esquerda (quando de frente) atrás do vidro. Walt Disney não foi capaz de obter fundos e permissão para iniciar a obra em sua propriedade na Flórida até que concordou em construir primeiro o Magic Kingdom. Ele morreu cinco anos antes da abertura do Magic Kingdom.


Após a morte de Disney, a The Walt Disney Company decidiu que não queria entrar nos negócios de gerenciar uma cidade sem a presença de Walt. A comunidade modelo de Celebration (Flórida) - matéria aqui - foi mencionada como uma realização da visão original de Disney, mas a Celebration é baseada em conceitos de novo urbanismo que é radicalmente diferente das visões modernista e futurista de Disney. No entanto, a ideia do EPCOT foi fundamental em propor ao estado da Flórida a criação do Reedy Creek Improvement District (RCID) e das cidades de Bay Lake e Reedy Creek (atual Lake Buena Vista), um mecanismo legislativo que permitiu à Walt Disney Company exercer poderes governamentais sobre Walt Disney World.

O controle sobre o RCID está nas mãos dos proprietários de terras do distrito e a promessa de uma verdadeira cidade no distrito significaria que os poderes do RCIF seriam distribuídos entre os proprietários no EPCOT. Como a ideia do EPCOT nunca foi implementada, a Disney Corporation permaneceu como quase o único proprietário de terras do distrito, permitindo-a manter o controle sobre o RCID e as cidades de Bay Lake e Lake Buena Vista. A Disney aumentou mais ainda este controle ao desanexar Celebration do RCID.

Os planos originais para o parque mostravam indecisão sobre o propósito do parque. Alguns Imagineers queriam que ele representasse o ápice da tecnologia, enquanto outros queriam que ele mostrasse as culturas e costumes internacionais. Em um momento, um modelo de parque futurista foi forçado contra um modelo de feira internacional e os dois foram combinados.

O parque foi originalmente chamado de EPCOT Center para refletir os ideais e valores da cidade. Ele foi construído a um custo estimado de $800 milhões a $1,4 bilhões e levou três anos para ser construído, na época o maior projeto de construção no mundo.

O estacionamento que serve o parque cobre uma área de 141 acres (incluindo área para ônibus) e pode acomodar 11.211 veículos (áreas de gramado comportam mais de 500 veículos).


O Epcot é dividido em duas áreas temáticas principais, Future World e World Showcase. O Future World consiste de uma variedade de pavilhões que exploram aspectos e aplicações inovadoras, incluindo tecnologia e ciência. O Future World também serve como a entrada principal do parque e apresenta o ícone do parque, a Spaceship Earth, uma grande estrutura de esfera geodésica que abriga uma atração temática dentro. O World Showcase é uma grande área remanescente de uma feira mundial permanente que contém onze pavilhões, cada um dedicado a representar um país específico. Os onze pavilhões cercam a Lagoa do Showcase, um lago construído pelo homem localizado no centro do World Showcase com um perímetro de 1,9 km. Em sentido horário, os onze pavilhões são: México Noruega China Alemanha Itália Estados Unidos Japão Marrocos França Reino Unido Canadá


Dos onze pavilhões, os de Noruega e Marrocos não estavam presentes na abertura do parque e foram adicionadas depois. Cada pavilhão contém arquitetura, paisagens, ruas, atrações, lojas e restaurantes temáticos representando a cultura e culinária do respectivo país. Em um esforço para manter a autenticidade dos países representados, os pavilhões recebem funcionários cidadãos dos respectivos países como parte do Programa Representativo Cultural através de acordos de J-1 visa.

Alguns pavilhões também contêm atrações, shows e entretenimento ao vivo temáticos representativos do respectivo país. O único pavilhão que é diretamente patrocinado pelo governo de seu respectivo país é o Marrocos. Os pavilhões restantes são patrocinados em grande parte por empresas privadas com afiliações nos países representados. Pavilhões para Rússia, Suíça, Espanha, Venezuela, Emirados Árabes Unidos e Israel foram ocasionalmente cogitados como futuros pavilhões mas nunca passaram da fase de planejamento. Os pavilhões israelita, espanhol e da África equatorial foram até mesmo anunciados em 1982, mas nunca saíram do papel. Ao invés disso, uma pequena loja de refrescos com tema africano conhecida como The Outpost atualmente reside onde a África equatorial deveria estar. Israel, cinco países africanos (Eritreia, Etiopia, Quênia, Namíbia e África do Sul) bem como outros oito países (Brasil, Chile, Índia, Indonésia, Arábia Saudita, Escócia e Suécia) apareceram na Millennium Village durante a Millennium Celebration.


Por último, e agora falando um pouco sobre história - a Reflections of Earth é um show vencedor de vários prêmios que acontece na Lagoa do Word Showcase todas as noites na hora de fechamento do parque (geralmente 9 horas da noite).

Ele conta com fogos de artifício, lasers, fogo e fontes de água sincronizadas com uma música no meio da Lagoa do World Showcase. Um grande globo com telas curvadas de LED é a peça central do show e é usado para mostrar imagens de pessoas e lugares. A versão atual foi inaugurada como parte da Millennium Celebration em 2000. O show conta a história da Terra e é dividida em três movimentos intitulados "Caos", "Ordem" e "Significado".

A música tem um tribal africano, enfatizando a ideia da humanidade como uma única tribo unificada no planeta. A lagoa é cercada por dezenove grandes tochas que simbolizam os primeiros 19 séculos da era comum, sendo que o show culmina com a abertura do globo como uma flor de lótus revelando a vigésima tocha, representando os 20 séculos completados.

Gostaram? Nós aprendemos muita coisa bacana preparando este material para vocês. Esperamos que tenham aprendido também.

Equipe Arch Search.


 

 

 

 

Arch Search é uma empresa completamente educacional e todo conteúdo em nossas plataformas possuem Copyright © 2020 - Arch Search - Arquitetura Educacional - Todos os direitos reservados.

Os seguintes segmentos vistos em nossas plataformas tais como: • archsearchapp.com.br • Arch Search Academy • Canal Arch Search Tv - Broadcasting Architecture • Editora Arch Search • Perfis de nossas redes sociais fazem parte e são marcas registradas Copyright © da Empresa Arch Search Arquitetura Educacional.